Unidade do “Vampirão” do Hemoam chega ao Shopping Manaus Via Norte nesta quinta

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Com o objetivo de fortalecer a importância da campanha permanente de doação de sangue, o Shopping Manaus ViaNorte receberá a unidade móvel da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), o ônibus conhecido como “Vampirão”, nesta quinta-feira (17), das 13h às 17h.

O veículo ficará localizado no estacionamento coberto do centro de compras, nas proximidades do Centro de Referência da Assistência Social (Cras).

“Estamos nos aproximando da reta final do ano e é de extrema importância que a sociedade colabore com quem mais precisa. Nosso espaço tem grande circulação diária de pessoas, de todas as idades e com muita vontade de ajudar ao próximo. Por isso, essa parceria com o Hemoam tem muita importância para nós. Ela reflete o comprometimento do Shopping Manaus ViaNorte com o bem-estar social e é um convite para quem deseja ajudar, mas não sabe como.”, destaca a gerente de marketing, Natália Zerbini.

Os procedimentos de atendimento seguirão as normas padrão do Hemoam: cadastro para novos doadores, triagem, entrevista, doação e lanche.

Quem deseja participar, deve ter entre 16 e 60 anos, estar munido de documento oficial com foto, pesar acima de 50kg, estar bem alimentado, não ter sido acometido pela Covid-19 nos últimos 10 dias, ter dormido ao menos seis horas na noite anterior e não consumido bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas.

Doadores com menos de 18 anos, devem estar acompanhados de pais, responsáveis ou representante legal. Uma doação recolhe aproximadamente de 450ml de sangue, que pode salvar até quatro vidas.

“O mês de novembro e dezembro é sempre muito crítico para os estoques de sangue de todos os hemocentros do país. Essa parceria com o shopping vem num momento oportuno para ajudar a equilibrar nosso abastecimento e consequentemente atender as necessidades de transfusão para os pacientes da rede de saúde pública e privada”, comentou a diretora-presidente do Hemoam, Socorro Sampaio.