Siga-nos as redes sociais

Siga-nos nas redes sociais

TV é instrumento de conexão social e familiar na terceira idade

Apesar do Alzheimer, dona Valtelina tem dias tranquilos e cheios de memórias antigas em frente à telinha

Assistir à televisão para se entreter ou se informar é um hábito que faz parte da rotina de grande parte dos brasileiros. Mas na casa de dona Valtelina Borges, de 76 anos, a TV tem uma função diferente: ela é um instrumento de conexão entre a idosa, que sofre com a Doença de Alzheimer, e seus oito filhos – que se revezam nos cuidados com a matriarca.

Daniel Borges, um dos filhos de dona Valtelina, é quem faz companhia às quartas-feiras. Ele considera a TV como algo essencial para que a mãe fique mais tranquila e animada no dia a dia. “A gente está cuidando da mãe, e nos revezamos a cada dia. No meu caso, assistimos a filmes, jogos e novelas, principalmente as antigas, pois ela, que já não lembra de muita coisa, consegue se recordar do que passou. É uma coisa que entretém ela, fica menos agitada. Faz muito bem”.

Nos últimos anos, a família percebia alguns problemas na parabólica tradicional, como perda de sinal, chiados e redução de canais. A situação melhorou quando eles tiveram acesso à instalação gratuita do kit com a nova parabólica digital pela Siga Antenado. “Para nós, foi uma mão na roda. Valeu bastante a pena, pois saiu sem custo nenhum. A imagem da TV é outra, não tem chiados, nem ‘fantasmas’… Meu irmão ficou sabendo da campanha na internet, entrou em contato com a Siga Antenado e eles fizeram a troca. Sem burocracia”, conta Daniel.

Kit gratuito com a nova parabólica digital

Assim como a dona Valtelina, famílias de menor renda inscritas em Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que tenham a antena parabólica tradicional em funcionamento podem ter direito à instalação do kit gratuito com a nova parabólica digital. Em todo o Brasil, mais de 2,7 milhões de famílias já foram beneficiadas.

Quem está fazendo a substituição dos equipamentos é a Siga Antenado, entidade sem fins lucrativos criada por determinação da Anatel para apoiar a população de menor renda durante a migração do sinal de TV utilizado pelas parabólicas tradicionais (Banda C) para o sinal das parabólicas digitais (Banda Ku).

Para verificar se tem direito ao kit gratuito e se o agendamento já está liberado para a sua cidade, a população deve acessar o site sigaantenado.com.br ou ligar gratuitamente para 0800 729 2404 com o CPF ou NIS em mãos. É só marcar a melhor data e aguardar a visita do técnico para a instalação da nova parabólica digital.

Da Assessoria