Tentativa de assassinato contra vereador de Itacoatiara é acerto de contas, afirma polícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

A Polícia Civil afirma que a tentativa de homicídio do vereador de Itacoatiara, Wemerson da Silva, conhecido como Barriga, pode estar relacionada a acerto de contas ou disputa por território ligado ao tráfico de drogas.

O crime ocorreu no último domingo (18), quando Barriga foi baleado na perna. Ele está internado no Hospital José Mendes.

Segundo as investigações, o político passou a receber ameaças de morte no dia primeiro de setembro após um integrante de uma facção criminosa que atua no município ser assassinado.

Em depoimento, o vereador Wemerson da Silva afirmou que as ameaças seriam motivadas por ele ser muito ativo no bairro Piçarreira, onde atua a facção rival – da qual pertencem os supostos autores do atentado.

Da redação