Fomento: Senai lança chamada para acelerar soluções da Indústria 4.0

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) podem enviar ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) projetos de aplicação da tecnologia da Indústria 4.0 em seus processos produtivos. A instituição lançou edital de R$ 10 milhões para fomentar a inovação no setor.

Cada projeto selecionado poderá contar com até R$ 800 mil, englobando tanto o desenvolvimento quanto a implementação da tecnologia nas empresas-clientes.

O aporte integra a chamada Smart Factory, realizada em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Ministério da Economia, e está disponível na Plataforma de Inovação para a Indústria.

Segundo o Senai, o conceito de Smart Factory refere-se à aplicação das mais recentes técnicas de automação, digitalização, gestão de dados e conectividade que causem impacto na eficiência operacional das empresas. Para impulsionar o setor industrial, serão selecionados cerca de 60 projetos para desenvolvimento e inovação (PD&I) de empresas que atuam no setor de soluções para máquinas, equipamentos e sistemas, entre outras áreas.

Indústrias digitais

A indústria brasileira está mais digital do que há cinco anos. Se em 2016 menos da metade (48%) fazia uso de alguma das tecnologias digitais analisadas, em 2021 o percentual foi de 69%, como mostra a Sondagem Especial Indústria 4.0, da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Realizada em abril deste ano com mais de mil empresas, a pesquisa buscou investigar o avanço do uso das tecnologias da chamada indústria 4.0, que prevê a digitalização da produção industrial para integrar as diferentes etapas da cadeia de valor, desde o desenvolvimento do produto até o uso final.

Da Agência Brasil