Siga-nos as redes sociais

Siga-nos nas redes sociais

PF faz operação contra comércio de ouro ilegal extraído em Roraima

A Polícia Federal (PF) cumpre nesta terça-feira (14) 13 mandados de busca e apreensão contra o comércio ilegal de ouro proveniente de Roraima. A operação Avis Aurea tem ações nos estados de Roraima, São Paulo e Goiás.

Entre os investigados estão empresários, advogados e um servidor público do município de Boa Vista. O grupo teria movimentado, pelo menos, R$ 422 milhões em um período de cinco anos, de acordo com a polícia.

De acordo com a PF, parte do grupo, baseado em Roraima, receberiam valores de outras pessoas e empresas de outros locais com o fim de adquirir ouro de garimpos ilegais. O dinheiro é movimentado, principalmente, por via terrestre, saindo do Sudeste e Centro-Oeste.

O ouro sai de Roraima com o apoio de um funcionário de uma companhia aérea.

Uma das empresas suspeitas de participar do esquema já esteve envolvida em uma ação da PF que apreendeu 111 kg de ouro em um avião em Goiânia.

De acordo com a PF, as investigações começaram depois da apreensão de mais de R$ 4 milhões em espécie, durante abordagem em um veículo no município de Cáceres (MT). O dinheiro seria apenas uma parte dos recursos, usados em negociações de ouro em Roraima.

Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal em Roraima.

Com informações da Agência Brasil