Siga-nos as redes sociais

Siga-nos nas redes sociais

MP recomenda que Polícia Civil e PM impeçam participação de agentes públicos em ações policiais

Delegados da Polícia Civil e militares da PM do Amazonas recebem recomendação do Ministério Público do Estado para que impeçam a participação de agentes públicos durante ações e atos policiais.

A decisão está publicada no Diário Oficial do Ministério Público desta quarta-feira, 28.

A recomendação do MPAM cita também que seja impedida a aparição dos agentes em entrevistas coletivas e outros atos de publicidade de quaisquer pessoas estranhas aos quadros policiais e às forças e aos órgãos públicos que participaram oficialmente de ações conjuntas no combate à criminalidade. A medida se aplica a exemplo da Controladoria-Geral da União, Polícia Federal, Receita Federal e afins.

O órgão pede ainda que parlamentares e outros agentes públicos não tenham acesso ao uso dos meios públicos e oficiais de divulgação de ações policiais.

A recomendação ocorre após a repercussão do caso envolvendo a delegada da Polícia Civil, Joyce Coelho, e a deputada estadual Débora Menezes. A delegada chegou a colocar o cargo à disposição da Administração da PCAM por entender existir interferência política, com destaque para a repentina e reiterada aparição da deputada em ações da PCAM e em coletivas de imprensa realizadas após prisões de grande repercussão social.

Na semana passada, o MPAM já havia instaurado um Inquérito Civil para investigar se a parlamentar estaria fazendo uso político em ações do sistema de segurança pública do Amazonas, como aparecer em entrevistas coletivas relacionadas a operações.

Da redação.