Millennium recebe exposição ‘Cheia das Artes’, a partir deste sábado (12)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O espaço cultural do Millennium Shopping recebe, a partir do sábado (12), às 19 horas, a exposição “Cheia das Artes”, curadoria de José Carlos Pinheiro e Casa das Artes, que reúne obras de artistas sobre a maior cheia do Rio Negro, desde o início dos registros em 1902, quando atingiu a mesma marca alcançada em 2021: 30,02 metros.

Para o curador José Carlos Pinheiro, a exposição tem caráter informativo por conta da documentação de um fato histórico. “A gente quer compartilhar com outras pessoas a respeito do que a gente visualizou,  das técnicas. Aconteceu no ano passado, mas muitas pessoas já esqueceram, então essa é uma maneira de reviver aqueles momentos da cheia. A mostra surge então como uma oportunidade para interagir com os eventos da cidade, além de promover a cultura no coração e na memória do povo”, disse.

Segundo o curador, a exposição terá ainda mais visibilidade pelo público por estar no Millennium, já que o local possui muitos frequentadores. “Esse é o objetivo da exposição: fazer com que realmente ela tenha uma visibilidade maior”, enfatizou.

Participam da exposição, programada para se estender até o mês de abril, os artistas Alfredo Araújo, Clinio Roosevelt, Edson Queiroz, Elizabeth Grubinger, Evanil, Fernando Júnior, Francimar Barbosa, Francisco Barbosa,  Gisele Alfaia,  Hebe Sol, Homero Amazonas, José Stênio, Mariana Rebouças, Nailson Novato, Sebastião Cândido, Selma Carvalho, Téo Braga e Zeca Nazaré.