Manaus apresenta baixa cobertura vacinal para a febre amarela. Atualmente, com um índice de 66,04% entre crianças menores de um ano, o resultado que está distante da meta de 95% definida pelo Ministério da Saúde.

A informação é da Secretaria Municipal de Saúde, a Semsa, e alerta que aponta que o atual cenário contribui para o risco de ocorrência de novos casos.

O órgão orienta pais e responsáveis para que levem seus bebês a partir dos nove meses de idade para receber a vacina em qualquer uma das unidades básicas de saúde da cidade e assim prevenir a doença.

A febre amarela é uma das principais doenças endêmicas da região amazônica, e apresenta sintomas como febre, coloração amarelada da pele e dos olhos, calafrios, dor de cabeça, náuseas e vômitos.

Da redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *