Dois homens foram presos com armamento pesado durante a Operação Notorius, realizada pela Polícia Civil.

Os homens são suspeitos de integrar facção criminosa. Eles foram identificados como “Barba” ou “Cavaleiro” e o comparsa dele chamado de “O Matemático” ou “Turco”.

Eles estava com um fuzil calibre 556, três revólveres e seis pistolas, além de munições.

De acordo com as investigações, o arsenal de armas pertence a uma organização criminosa vinculada ao tráfico de drogas, na qual “Barba” seria o responsável por intermediar o transporte de drogas para municípios do Amazonas e para países dos continentes europeus e africano.

“O Matemático” seria responsável por gerenciar parte dos negócios financeiros da organização criminosa.

Da redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *