Siga-nos as redes sociais

Funcionários do ICMBio são investigados pela PF por pesca ilegal no AM

Funcionários do ICMBio são investigados pela PF por pesca ilegal no AM

Funcionários do ICMBio são alvo de operação da Polícia Federal (PF), nessa terça-feira (04), por suposta facilitação de pesca ilegal de quelônios e pirarucus na Reserva Biológica (REBIO) Abufari, no município de Tapauá, interior do Amazonas.

Ao longo da investigação, foi observado pela PF a existência de várias denúncias ao longo dos anos de 2018 e 2019 contra um servidor do ICMBio e de três vigilantes que trabalhavam no Instituto.

De acordo com a PF, os vigilantes do posto avançado da Reserva recebiam a determinação do servidor para não fiscalizarem barcos pesqueiros que ali atuavam. Em troca da omissão na fiscalização, os envolvidos recebiam dinheiro dos donos das embarcações. O produto da pesca era posteriormente comercializado tanto no município de Tapauá como em Manaus.

Os envolvidos poderão responder pelos crimes de corrupção passiva, associação criminosa, ameaça e pesca ilegal. As penas podem chegar a mais de 18 anos de prisão.

Na ação desta terça-feira, foram apreendidos um veículo, munições de arma de fogo, computadores, celulares e documentos.

Da redação