No fim do ano letivo, estudantes têm desafio de acompanhar Copa sem perder foco nas provas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Reportagem: Vitória Freire

O mundo está em ritmo de Copa. A maior competição internacional de futebol de 2022 iniciou e, diferentemente das últimas edições, coincide com o final do ano letivo.

O contexto pode preocupar os pais em relação ao despenho dos alunos nas provas finais.

Léo Negreiros, de 11 anos de idade, vive em Manaus é uma das crianças apaixonadas pelo esporte, e enxerga a Copa do Mundo como uma oportunidade de assistir à Seleção Brasileira brilhar em campo: (Ouça)

A contadora Thayanne Tribuzy, mãe do Léo, explica que traçou estratégias em casa para que o filho não esqueça de cumprir com as obrigações escolares: (Ouça)

Nos últimos dias, uma publicação viralizou na internet ao mostrar estudantes de uma escola assistindo a partida entre as nações de Senegal e Holanda, durante a aula, pela primeira rodada da Copa do Mundo.

A docente responsável por ministrar a aula divulgou as imagens e afirma que a exibição do jogo serviu para falar sobre as localidades dos dois países no mapa Mundi para as crianças.

A professora de Língua Portuguesa da rede privada de ensino, Luana Iensen, reforça que também existem métodos pedagógicos capazes de envolver os alunos em meio à Copa do Mundo, a partir de discussões a respeito de diversidade e atualidades: (Ouça)

A Copa do Mundo ocorre até o dia 18 de dezembro, quando grande parte das escolas do ensino particular ou público finalizam o ano letivo neste mesmo período.