“Dispositivo reduzirá assaltos a ônibus”, defende vereador em Manaus

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O formato de segurança utilizado pela Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes (SP) para conter o número de assaltos a ônibus foi citado hoje pelo vereador Lissandro Breval (Avante) como solução para o atual quadro de criminalidade enfrentado pelos usuários do transporte público. O ´Botão do Pânico´, dispositivo implementado em 50 veículos no município paulista, é defendido em Projeto de Lei do parlamentar como recurso para conter os altos índices de abordagens criminosas também na capital amazonense. 

“Estive em Mogi das Cruzes na última semana e é impressionante o sistema de segurança que eles implementaram no transporte público. Um botão no veículo que, ao ser acionado, transmite em tempo real informações de localização da ocorrência, assim como já disponibiliza nas câmeras instaladas dentro do ônibus o cenário. Sim, as câmeras de lá são todas integradas ao Botão do Pânico, permitindo ação imediata das polícias”, afirmou Breval.

De acordo com o parlamentar, a ida ao município no interior de São Paulo foi resposta ao convite do vereador Policial Maurino (Podemos) autor de projeto com o mesmo teor que resultou na implementação do dispositivo. “O resultado ali é real e efetivo. Manaus precisa avançar nesse sentido também, tirar nossa população usuária do transporte público da insegurança diária”, continuou.

Lissandro Breval aproveitou a ocasião para pedir atenção da Casa sobre o PL de sua autoria, em tramitação na Casa há mais de um ano.  “Peço hoje que nós possamos fazer esse projeto tramitar nesta Casa e promover discussões com a secretaria de segurança, com a Guarda Municipal Metropolitana. Tudo para chegarmos ao denominador comum, utilizando exemplos de lugares que já deram certo”, concluiu.