Depósito de munições da Rússia na Crimeia está em chamas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Várias pessoas têm partilhado vídeos nas redes sociais, mostrando colunas de fumaça e explosões em um depósito russo de munições, na localidade de Mayskoye, na Crimeia. 

Moscou já confirmou o incidente e informa que o fogo começou por volta das 3h, em uma área que estava sendo usada temporariamente como depósito de armamentos, sem revelar a origem do fogo. A Ucrânia não confirma nem desmente um possível ataque.

Segundo o atual líder da região anexada pela Rússia, nomeado por Moscou, há dois feridos. Cerca de duas mil pessoas foram retiradas das imediações do depósito.

Cereais

Saiu da Ucrânia o primeiro navio da Organização das Nações Unidas (ONU) com cereais para a África. 

A embarcação transporta cerca de 23 mil toneladas de grãos, anunciou o Ministério ucraniano das Infraestruturas. Tem como destino o porto de Djibuti, onde a comida vai ser entregue a consumidores da Etiópia.

O navio foi fretado pelo Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas. Kiev espera que mais dois ou três navios fretados pela ONU partam em breve.

Este é o primeiro carregamento de ajuda alimentar a deixar a Ucrânia desde que foi assinado, em julho, por ucranianos e russos, um acordo de exportação de cereais bloqueados devido à guerra entre os dois países.

O primeiro navio comercial partiu no dia 1º de agosto. Mais de 15 navios, no total, deixaram os portos ucranianos desde a entrada em vigor do acordo.

Kiev estima poder exportar cerca de 3 milhões de toneladas de grãos em setembro e cerca de 4 milhões por mês a partir de outubro.

O governo ucraniano já recebeu pedidos paramais 30 navios carregarem cereais, a partir do país, nas próximas duas semanas.

Da RPT via Agência Brasil