Cheia 2022: Balsa Hospital chega para apoiar ações de saúde em Anamã

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), enviou uma balsa hospital para o município de Anamã (a 165 quilômetros de Manaus), na região do Baixo Solimões, que enfrenta as consequências do período de cheia e está em situação de alerta. A medida faz parte da Operação Enchente 2022, para prestar apoio aos municípios afetados com a subida dos rios.

A embarcação saiu de Manaus na terça-feira (10) e chegou ao município na quarta (11). A subida do rio Solimões causa a inundação do Hospital Francisco Salles de Moura, e a balsa irá comportar temporariamente os 57 trabalhadores da unidade, entre médicos, enfermeiros, técnicos e demais servidores.

A balsa, alugada pela SES-AM, deve realizar atendimentos de urgência e emergência, dispondo de sala de parto, laboratório, recepção, consultórios, alojamento para as enfermarias, refeitório e cozinha. A embarcação possui 44 leitos, sendo 16 macas hospitalares na parte inferior e 28 no piso superior.  

A previsão é que a embarcação permaneça por 90 dias em Anamã ou até que haja condições para utilização da unidade hospitalar novamente, com a descida do Solimões. 

Cheia 2022 

Além da balsa, o Governo do Amazonas está providenciando mais insumos e medicamentos para o enfrentamento à cheia deste ano. A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) informa que, de janeiro até abril de 2022, o Departamento de Vigilância Ambiental e Controle de Doenças (DVA), enviou 18 mil frascos com hipoclorito a Anamã.

Vacinação

Desde terça-feira (10) até esta sexta (13), estão sendo realizadas ações de suporte para ampliar a cobertura vacinal contra Covid-19 em Anamã, que apresenta baixa cobertura do esquema vacinal primário (1ª e 2ª dose aplicada em pessoas com 5 anos ou mais) contra a infecção. A cobertura atualizada é de 51,3% no município, abaixo da meta do Ministério da Saúde, que é de 90%.

Para operacionalizar o reforço técnico nesses municípios, equipes da SES-AM e da FVS-RCP vão atuar no suporte às atividades já realizadas nos municípios, fornecendo estratégias para fortalecer a cobertura vacinal. 

Equipamentos 

Já foram enviados pela SES-AM cerca de 60 equipamentos, como digitalizador, aparelho de ultrassom, suporte de soro, oxímetro, ventilador mecânico, cilindro de oxigênio, reanimador, concentradores de oxigênio, além de duas ambulâncias, carro maca, incubadora, mais de 700 seringas, 2,2 mil testes rápidos, 147 mil medicamentos nos últimos três anos, e mais de 30 mil EPIs somente em 2022.