Bombeiros alertam para cuidados com utensílios que podem causar fogo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Diante dos registros diários de altas temperaturas no estado, o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) orienta a população para a prevenção e com o cuidado com os utensílios e equipamentos domésticos que podem causar incêndios em residências, como gás de cozinha, velas, isqueiros, condicionador de ar, ventiladores e fiação elétrica.

O comandante-Geral do CBMAM, coronel Orleilso Ximenes Muniz, explica que o Amazonas está em um período em que há constantes registros de altas temperaturas e que deve acender o alerta para cuidados.

“Estamos passando por um momento crítico, devido à baixa umidade relativa do ar e às altas temperaturas. Isso tudo facilita a propagação de incêndios”, afirma. O comandante acrescenta que, por isso, é importante que as pessoas fiquem atentas para a utilização correta de materiais de fácil combustão dentro de casa.

Orleilso Muniz explica que as instalações elétricas mal instaladas também podem sofrer sobrecargas e ocasionar incêndios devido ao acúmulo de ligações em uma mesma tomada. “Evite ligar vários aparelhos na mesma tomada e faça a revisão das instalações elétricas periodicamente”, orienta .

Os ventiladores e condicionadores de ar se ficarem ligados durante muito tempo, podem aquecer e ocasionar curto-circuito e, posteriormente, um incêndio.

“É importante ter cuidado com os equipamentos elétricos. O uso demasiado de ventiladores e condicionadores de ar nesse período, conectado em instalações mal dimensionadas pode facilitar o início de um grande incêndio”, explica.

Cuidado com as crianças

O CBMAM alerta também para nunca deixar as crianças sozinhas em casa, principalmente, ter atenção quanto ao alcance de utensílios que possam ocasionar incêndios.

“Recentemente, os bombeiros foram atender uma ocorrência de incêndio em residência no bairro Japiim, onde três crianças estavam brincando de casinha com isqueiros dentro do quarto. Só não aconteceu uma tragédia maior, porque nossa equipe de combatentes chegou a tempo de isolar e extinguir as chamas”, disse Muniz.

“Velas, fósforos, isqueiros, álcool em gel ou galões de gasolina devem estar longe do alcance das crianças”, finalizou o comandante

Em casos de emergência, a população deve ligar para o telefone 193 do Corpo de Bombeiros.